Saltar para os conteúdos
Projeto Europeana Common Culture (2019-2020):  apresentação de resultados no “3º Encontro RNOD”

Projeto Europeana Common Culture (2019-2020): apresentação de resultados no “3º Encontro RNOD”

Termina no final de Dezembro de 2020 o projeto Europeana Common Culture, que contou com participação 22 agregadores nacionais, incluindo a Biblioteca Nacional de Portugal enquanto entidade responsável pelo agregador RNOD (Registo Nacional de Objetos Digitais), e que teve por principal objetivo a melhoria da qualidade dos conteúdos disponíveis na Europeana.logo EuropeanaDos resultados do projeto, que foram apresentados no passado dia 10 de dezembro aos parceiros do Registo Nacional de Objetos Digitais (3º Encontro RNOD), salientam-se a melhoria da qualidade dos dados e metadados, a análise do panorama da agregação na Europa e a participação no piloto LODA (Linked Open Data Aggregator).

WorkshopRNOD3No que se refere à melhoria da qualidade dos dados, o projeto visava colocar 4 milhões de objetos no nível de qualidade T2 e 1,2 milhões no nível T3 ou superior. Os níveis de qualidade (Tiers) correspondem a cenários de utilização que a Europeana desenhou, em que T0 corresponde ao nível mais baixo; T2 a um nível de qualidade bastante elevado que permite a utilização das imagens em exposições temática, galerias de imagens, blogs, entre outros; e T4 ao grau mais elevado qualidade e que permite a livre reutilização por plataformas externas.

As melhorias introduzidas no RNOD ao nível da qualidade de imagem, permitiram contribuir positivamente para este objetivo, passando de 70% dos objetos no nível mais baixo de qualidade (T0) (situação em Dezembro de 2018), para 45% do total de objetos RNOD no nível mais elevado (T4), 19% no nível T2 e 29% no nível T1 (situação em Outubro de 2020).

O envolvimento neste projeto permitiu, ainda, a participação no questionário efetuado aos agregadores nacionais e no consequente documento de análise, que traça o panorama das iniciativas de agregação na Europa e que está disponível na página do projeto.

Por último, uma referência ao piloto LODA (Linked Open Data Aggregator), que visou demonstrar a utilização de tecnologias de dados ligados para fazer a agregação de conjuntos de dados para a Europeana, o que permitirá substituir tecnologias mais antigas como o OAI-PMH por soluções mais apropriadas para a Web Semântica e a liberdade de escolha de ontologias, deixando os fornecedores de dados de estar obrigados a utilizar o vocabulário de elementos da Europeana, o EDM (Europeana Data Model). As componentes e os resultados deste piloto estão resumidos neste artigo, estando também disponíveis no Github.