Saltar para os conteúdos
São João Baptista na Coleção de Registos de Santos da BNP

São João Baptista na Coleção de Registos de Santos da BNP

A Coleção de Registos de Santos da BNP integra várias representações de São João Batista que contemplam os seus principais atributos e episódios marcantes da sua vida.

Filho do sacerdote Zacarias e de Isabel, prima de Maria, mãe de Jesus, João foi o último dos profetas e o primeiro mártir do cristianismo sendo venerado como precursor do Messias, profeta, mártir e santo.

S. João Baptista, Adevogado das dores de Cabeça, Degolado por ordem de Herodes Antipa

São João é o segundo santo popular a ser celebrado em junho. A festa, inicialmente pagã, remonta ao séc. XIV, foi posteriormente cristianizada pela Igreja, que lhe atribuiu São João Batista como padroeiro, e celebra o seu nascimento. De grande afeição popular, é para a maioria das denominações cristãs o único santo cujo nascimento e martírio são evocados em duas solenidades, respetivamente a 24 de junho e a 29 de agosto.

É o santo padroeiro dos alfaiates, peleiros e correeiros, em alusão ao facto de se vestir usualmente com peles de animais, de carneiro ou de camelo, e um cinto de couro. É também o santo padroeiro dos presos e dos condenados, por ter sido preso e martirizado.​

S. João Baptista : Que se venera na Igr.ª de S. Antonio da Porta de Carros Declaração de Messias por S. João

Muito frequentes na iconografia cristã, as representações de São João Baptista variam em imagens enquanto criança ou como adulto. Enquanto criança, o santo é geralmente representado como um menino ao lado de Jesus, também menino, com um cordeiro como atributo ou, então, sozinho, segurando o cordeirinho. O cordeiro representa-se em pé, sentado ao seu lado ou, ainda, sobre um livro. O Cordeiro Divino é reconhecido sobretudo como o seu atributo pessoal e constante, aparecendo muitas vezes com uma cruz.​

S. Giov: Batista St. Jean Baptiste S. João Baptista

Como adulto, sobretudo nas representações mais antigas, aparece vestido com uma túnica e manto amplo ou capa, como os apóstolos, por vezes com a pénula antiga a imitar os filósofos gregos, sem nenhum outro sinal distintivo. Posteriormente, dada a vida austera que levou durante a sua juventude no deserto, passou a ser figurado como um adulto ascético, qual anacoreta do deserto, muitas vezes com um aspeto magro e esquelético, apresentando, por vezes, as barbas negras e os cabelos hirsutos ou desgrenhados, com um cordeiro como atributo e um estandarte com a legenda Ecce Agnus Dei, palavras de João, apontando para Jesus, quando o batizou no rio Jordão.​

S. Giovanni Battista S. João St. Jean Baptiste dans le désert S. Ioannes Baptista

Outras representações do santo na coleção da BNP podem incluir: João como profeta; a pregar perante os seus seguidores; com a concha de batizar numa das mãos, normalmente na esquerda, simbolizando o batismo de Jesus no Rio Jordão, bem como dos seus seguidores; ou Salomé e a cabeça do santo numa bandeja, entre outras cenas representativas de episódios da sua vida.

S. Joaõ Baptista Degollação de S. João

Última atualização:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.